Atlantica Hotels expande e retoma crescimento em 2017
Por: Ass Imprensa Atlantica Hotels - 08/03/2018

Desempenho é fruto da melhor performance dos hotéis que já eram administrados em 2016 e do expressivo aumento de novos hotéis que se juntaram à Atlantica 

 

Depois de dois anos de intensa retração do setor hoteleiro no Brasil, a Atlantica Hotels registrou em 2017, receita de R$ 635 milhões, retomando seu crescimento. O principal fator de crescimento se deu nos hotéis já administrados pela rede no ano anterior, que, juntos, trouxeram um incremento de receita de 3% frente ao ano passado. Além disso, também contribuiu significativamente para o resultado da companhia, a adição de 15 empreendimentos ao portfólio de hotéis da rede. 

Esse bom resultado obtido pelos hotéis da rede foi conquistado por conta da retomada da diária média no último trimestre, bem como pelos sucessivos aumentos na taxa de ocupação dos hotéis ao longo do ano, culminando em um crescimento total de 6 pontos percentuais nesse indicador. “Em um cenário de economia em recuperação, somado ao movimento de recuo do valor da diária média no mercado, alavancar a taxa de ocupação era vital para voltarmos a crescer”, afirma Eduardo Giestas, presidente e CEO da Atlantica Hotels. 

A melhora da taxa de ocupação foi tão significativa que, mesmo apresentando queda da diária média em aproximadamente 4%, 3 pontos percentuais melhor que o mercado, que caiu 7%, o RevPar dos hotéis da Atlantica cresceu 3% com relação a 2016, resultado bastante expressivo, 8 pontos percentuais melhor que o mercado, que registrou baixa de 5% no mesmo período. 

Outro indicador positivo da Atlantica Hotels é o resultado de NPS – Net Promoter Score. Em uma escala de 200 pontos percentuais (mínimo: -100; máximo: +100), o score geral, que já era bom, teve crescimento de 4% em 2017. “Ficamos muito felizes com esse resultado, pois significa que a satisfação do cliente com a qualidade do serviço prestado tem melhorado ao longo do tempo e, consequentemente, aumenta o volume de recomendações que os hóspedes fazem para seus familiares, parentes e amigos. Isso confirma que o crescimento da rede não foi somente quantitativo, mas também qualitativo”, afirma Guilherme Martini, vice-presidente de Operações da Atlantica. 

No último relatório mensal de 2017 do TripAdvisor, 36 hotéis da Atlantica ocuparam os 5 primeiros lugares em suas respectivas praças. Dentre esses, 12 hotéis ocuparam o 1º lugar. 

O executivo complementa que “um hóspede que já conhece nossos hotéis tem grandes chances de retornar em busca do nosso padrão de qualidade”, referindo-se à infraestrutura operacional dos hotéis, aliada ao suporte da Atlantica que oferece uma gestão moderna e ampla por meio de equipes especializadas em Vendas, Marketing, TI, Operações, Desenvolvimento, Recursos Humanos, Manutenção, Suporte à Implantação, A&B, Controladoria e Jurídico. 

Todo este suporte da Atlantica foi fundamental para a ampliação do número de hotéis e de destinos atendidos pela rede e também estratégico para os resultados da companhia. Em 2017, a Atlantica adicionou 15 hotéis ao seu portfólio, que, juntos, representam a oferta de mais de 2.300 apartamentos. Desses, quatro hotéis foram somados ao portfólio da rede por meio de conversão; 3 no estado do Rio de Janeiro e 1 na cidade de Belém. 

Além disto, seis novos destinos passaram a ser atendidos pela Atlantica no ano passado – Guarulhos (SP), Niterói (RJ), Pindamonhangaba (SP), Santo André (SP), Mogi Guaçu (SP) e Jacareí (SP). Com isto, a companhia chegou a 95 hotéis em operação no Brasil, distribuídos em 43 praças, com a oferta de mais de 15,5 mil apartamentos. 

Para 2018, Eduardo Giestas tem a expectativa de que a Atlantica gere resultados significativamente melhores do que os obtidos em 2017. “Nosso objetivo é ultrapassar a barreira dos dois dígitos de crescimento em receita, chegando a 15% frente ao ano passado e 25% em GOP (Lucro Operacional Bruto). Faremos isso mantendo constante melhora de performance dos nossos hotéis atuais, com uma série de iniciativas e projetos que auxiliarão na retomada da diária média e da ocupação, e também, evoluindo com a expansão do nosso portfólio”, declara Giestas. 

Ao detalhar um pouco mais a expansão do portfólio, Eduardo Giestas explica que “adicionaremos, em 2018, de 17 a 22 hotéis ao portfólio da rede, dos quais 15 já estão com contrato assinado e, desses, 13 em fase pré-operacional. Além disso, temos alguns empreendimentos em fase final de negociação e novas oportunidades de conversão já mapeadas para este ano”. 

“O conjunto de todo esse trabalho faz com que a Atlantica continue sendo reconhecida como referência em bons negócios e retorno aos investidores dos apartamentos administrados pela companhia”, conclui Giestas.

 

Publicidade:
Últimas Noticias
28/02/2019
03/01/2019
12/12/2018
12/12/2018