Royal Mansour Marrakech: um sonho materializado
Por: Redação Hotelaria - 02/12/2019

Marrakesh é uma antiga cidade imperial situada no oeste de Marrocos, e foi escolhida para ser o palco de um sonho transformado em realidade. Por traz de seus esplendorosos portais descortina-se um templo ao bom gosto, luxo e elegância, denominado Royal Mansour Marrakech Hotel.

O edifício principal do complexo se mantém fiel ao estilo e simetria da arquitetura moura clássica, o exterior exibe uma certa sobriedade, enquanto o interior presta homenagem ao virtuosismo dos artesãos de Marrocos. Azulejos geométricos zellige distintos cobrem paredes e pilares. O elegante gesso tadlakt brilha em contraste com o complexo trabalho de reboco que cobre as paredes. Lâmpadas de ferro forjado formam uma elegante combinação com a madeira esculpida das portas.

A engenhosidade do design marroquino oferece infinitas combinações de cores e acabamentos entre os corredores e salões, cada espaço oferecendo uma sensação única.

O hotel possui 53 riads (casas com jardins incorporados), que fazem as vezes dos apartamentos, e que são conectados por meio de caminhos onde arbustos e as flores fazem fronteira com os becos e os jardins que florescem nos pátios internos. Ao longo do ano, o jardim é perfumado primeiro por flores de laranjeira, depois madressilva, jasmim e rosas e, no outono, o aroma sutil de oleasters domina o ambiente, enquanto daturas, buganvílias e cravos trazem cor. Cada um dos riads foi decorado individualmente por artesãos de Marrakech, Essaouira, Fès e Meknès, e é diferente, devido à seleção de móveis e à escolha de tecidos e cores, assim como o design da iluminação. Incorporada a esses interiores existe uma tecnologia de ponta que garante aos hóspedes conforto, como no caso do telhado de vidro retrátil controlado por tela sensível, pronto para cobrir o terraço do pátio ao cair da sexta gota de chuva, ou o sistema inteligente de ar-condicionado, elegantemente oculto por trás de estuque de filigrana.

Detalhe da finesse no atendimento, os hóspedes são recebidos na entrada por um mordomo exclusivo, cuja função é zelar pelo conforto e bem estar do recém-chegado, com apoio de uma equipe excelente nos bastidores. Os mordomos e suas equipes acessam os riads rápida e discretamente, de forma a garantir o conforto dos hóspedes, respeitando sua privacidade.

Além disso, a gastronomia é um ponto forte do local. Em seus restaurantes, piano bar, e lounge, os hóspedes podem se deliciar com as maravilhas da cozinha local, bem como com o mais requintado sabor da gastronomia internacional.

Quando o assunto é bem-estar, é no spa que o visitante usufrui dos magníficos rituais de banho, de forte tradição no Marrocos. O Spa Royal Mansour é inserido através de um átrio impressionante de ferro forjado caiado de branco, que evoca uma gaiola gigante. Sua altura e luminosidade, com luz natural transformam o espaço em um local impressionante e, ao mesmo tempo, incrivelmente calmante. Um espaço de 2.500 m2 dividido em três níveis, é dedicado ao relaxamento e bem-estar, oferecidos por meio de massagens, tratamentos faciais, hidroterapia e envolvimentos corporais.

O Royal Mansour Marrakech faz parte do The Leading Hotels of the World, coleção de hotéis de luxo autênticos e incomuns, que conta com mais de 400 hotéis em mais de 80 países, e foi escolhido como o melhor hotel da África e o 6º hotel do mundo durante os Reader’s Choice Awards da revista americana de turismo de luxo Conde Nast Traveler este ano.

Publicidade:
Últimas Noticias
30/12/2019
02/12/2019
02/12/2019
02/12/2019